2013 – O Ano da Cooperação pela Água

Cerca de 70% da superfície da Terra encontra-se coberta pelas águas sendo que uma parcela equivalente a 97,5% do total constitui-se de água salgada e apenas 2,5% de água doce.

Do total da água doce do planeta apenas cerca de 30,2% pode ser utilizada de modo imediato para sustento e manutenção da vida vegetal e animal, uma vez que devemos considerar que os 69,8% restantes encontram-se nas calotas polares, geleiras e solos gelados.

Em outras palavras, de toda a água existente no mundo, a parcela disponível para nosso consumo imediato a baixo custo corresponde a 0,8% do total.

Além da carência de água doce há que se destacar o contínuo processo de degradação dos padrões de qualidade em função das atividades econômicas tais como indústrias, agricultura intensiva em fertilizantes e agrotóxicos, deposição irregular de lixo urbano, derrames de petróleo e crescentes volumes de esgoto lançados livremente nos cursos d’água.

Devemos considerar, ainda, que nossa população já superou 7 bilhões de pessoas e que suas demandas e usos (em especial a agricultura e as indústrias) consomem volumes imensos de água.

Vejamos o caso da agricultura, a principal atividade humana no que tange ao uso (e desperdício) dos recursos hídricos, responsável por 69% do consumo anual. Estudo divulgado pela Agência Nacional de Águas (ANA) aponta que a irrigação  consome 986,4 mil litros de água por segundo no Brasil.

A prática de irrigação é responsável por 69% do consumo total de água no Brasil, sendo que a maior parte das áreas irrigadas está concentrada nas bacias do Paraná (no Centro-Sul), Atlântico Sul (de SP ao RS) e São Francisco (DF, GO, MG, BA, PE, AL e SE).

Embora a agricultura irrigada permita a ocorrência de safras durante um período mais amplo durante o ano, maximizando o retorno econômico das terras e dos investimentos realizados, há que se destacar que o desperdício ainda é muito elevado, com o uso de sistemas arcaicos, tais como a irrigação por “inundação”, muito utilizada no sudeste asiático e no Rio Grande do Sul para plantio de arroz.

O consumo nas cidades corresponde a 10% do total e o consumo industrial é de 7%. A tabela a seguir fornece uma ideia do consumo de água em algumas atividades industriais:

Tipo de Indústria

Consumo de Água

Têxtil 1000 m³ por tonelada de tecido
Papel 250 m³ por tonelada de papel
Curtume 55 m³ por tonelada de couro
Fábricas de Conserva 20 m³ por tonelada de conserva
Fábricas de Sabão 2 m³ por tonelada de sabão

Dados da ONU indicam que aproximadamente 1 bilhão de pessoas não dispõem de água em quantidade suficiente e que, até o ano de 2035, 5,5 bilhões de seres humanos viverão em áreas com limitações na oferta de água.

Assim, a disponibilidade de água dentro dos padrões de qualidade tende a diminuir cada vez mais em todos os continentes, demonstrando a real necessidade de se rever o sistema de consumo e a solução do problema de disponibilidade em curto prazo.

Seria correto esperar um comportamento mais racional quanto ao uso deste recurso tão precioso e escasso?

Aparentemente sim, mas a prática é muito diferente.

A distribuição e uso da água não seguem padrões necessariamente racionais, o que permite um elevado percentual de desperdício, acentuando ainda mais os futuros conflitos de uso.

Atualmente já se verificam problemas associados ao conflito de uso, elevando cada vez mais a água à categoria de recurso estratégico essencial ao desenvolvimento socioeconômico dos países. O Oriente Médio e a África despontam como áreas onde a crise pelo acesso, distribuição e uso dos recursos hídricos assumem proporções mais graves.

A tabela a seguir destaca algumas bacias hidrográficas onde já se verifica a ocorrência de conflitos de uso entre países:

Bacia Hidrográfica Países Envolvidos
Rio Mekong China, Camboja, Laos, Tailândia   e Vietnam
Rio Jordão Israel e Jordânia
Rios Tigre e Eufrates Turquia, Israel e Síria.
Rio Ganges Índia e Bangladesh

Os conflitos de uso tendem a sofrer considerável acirramento em decorrência das mudanças climáticas que se verificam a partir do aquecimento global.  De acordo com o Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas (IPCC) o aquecimento global afetará a disponibilidade de água de diversas bacias hidrográficas.

A título de exemplo estima-se que a Bacia do São Francisco, da qual dependem aproximadamente 20 milhões de pessoas, sofrerá uma redução da disponibilidade de suas águas da ordem de 18 a 23%.  O conflito de uso entre os diversos usuários tende a assumir contornos ainda mais graves.

Diante desse quadro preocupante a Organização das Nações Unidas (ONU) indicou, através de Resolução de sua Assembleia Geral, o ano de 2013 como sendo o Ano Internacional para a Cooperação pela Água.

O objetivo dessa ação da ONU é promover uma maior interação entre nações e debater os desafios do manejo da água, em especial no que concerne às reservas e fontes transfronteiriças, compartilhadas por países vizinhos.

Algumas ações podem ser desenvolvidas para minimizar os problemas da gestão dos recursos hídricos:

  •  Redução no lançamento de efluentes tóxicos, domésticos ou industriais, sem tratamento adequado;
  • Recuperação da mata ciliar, evitando erosões e assoreamento de rios;
  • Desenvolvimento de estratégias e técnicas construtivas voltadas à minimizar a impermeabilização dos solos nos centros urbanos (ilhas de calor);
  • Racionalização na exploração dos aquíferos estratégicos;
  • Campanhas intensivas de educação ambiental destinadas a combater o desperdício,
  • Desenvolvimento de métodos e processos produtivos mais racionais no setor industrial, evitando o desperdício e a degradação da qualidade da água;
  • Implantação de política e mecanismos adequados para ações de saneamento básico;
  • Estruturação de mecanismos internacionais para dirimir conflitos de uso entre as nações.

marceloquintiere@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s